Suspeito de furto, homem é preso após ficar entalado na grade de janela em Ribeirão Preto, SP

Donos de buffet infantil chamaram a PM após verem as imagens do rapaz pelas câmeras de monitoramento. Comparsa dele conseguiu fugir com objetos e documentos em uma mochila.

 Suspeito de furto, homem é preso após ficar entalado na grade de janela em Ribeirão Preto, SP



Um suspeito de furto foi preso após ficar entalado na grade da janela de um buffet infantil, na madrugada desta segunda-feira (14), no bairro Jardim Sumaré, Zona Sul de Ribeirão Preto (SP).

A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência na Avenida Independência depois que os donos do espaço de festas foram alertados pelo alarme e pelas imagens das câmeras de monitoramento instaladas no local.

Viviane Rodrigues, coordenadora de eventos e proprietária, conta que estava dormindo quando o celular começou a tocar com o alarme. “Conseguimos ver as imagens do assaltante subindo o telhado, pulando no corredor e entrando pela janela, onde ficou preso. Ligamos para a polícia e eles foram para o local bem rápido. Nas imagens também descobrimos que havia outro assaltante dando apoio”, diz.


A polícia retirou o suspeito da grade, mas segundo Viviane, o comparsa dele conseguiu fugir, levando uma mochila com um HD externo e documentos. No bolso do ladrão preso na janela estavam três moedas de R$ 1.





Segundo Viviane, o estabelecimento já foi assaltado cinco vezes no período de um ano. A empresária estima que tenha investido R$ 6 mil em equipamentos de segurança, como câmeras, cerca elétrica e alarme, para tentar resolver o problema.

“Esses homens ficam na Avenida Caramuru e durante a madrugada costumam subir o bairro para arrombar os comércios. Um restaurante ao lado do meu buffet, também sempre é assaltado. É complicado e nos traz um sentimento de revolta”, completa.

O suspeito foi levado para a Central de Polícia Judiciária, e encaminhado para a audiência de custódia. Segundo a Polícia Militar, o assaltante já havia sido preso por furto e saiu da prisão em fevereiro passado



RIBEIRÃO PRETO
LADRÃO